A Guerra dos Egos

Posted: quinta-feira, 25 de março de 2010 by bruna spaniol in Marcadores: , , , ,
0

Demitido do jornal O Dia via e-mail, o jornalista culpa Gigi, chama Ségio Cabral de bobalhão, mas não entra em ‘saia justa’.


Cheio de mensagens subentendidas e poucas palavras, Dácio Malta fala sobre sua saída conturbada do jornal, por causa de críticas a Sérgio Cabral, conta casos sobre a carreira, deixa várias perguntas sem respostas e ironiza o que pode. O jornalista é duas vezes ganhador do prêmio Esso, responsável pela reforma gráfica e editorial do O Dia, editor-chefe do JB - onde lançou o primeiro jornal online do país, arriscou como produtor e diretor de teatro, voltou para as redações e, agora, é professor do curso de jornalismo da UniverCidade.

Bruna Spaniol - A sua demissão foi pedido do governo Sergio Cabral?
Dácio Malta - Não sei. É o seguinte, o Sérgio Cabral reclamava muito das críticas do JB. Não que eu fizesse muitas críticas, só fazia algumas que ele merecia, né? Isso era mais uma questão comercial do jornal. A inexperiente Gigi (presidente do grupo O Dia) querendo agradar o governador, acabou me demitindo. Foi pior pra ela.

Bruna Spaniol- Ela não tem experiência, por quê?
Dácio Malta - Ela não tem experiência pelo seguinte, o pai tinha 3 filhas. Ela nunca trabalhou no jornal e ela não sabe a estrutura.

Bruna Spaniol - Então você acha que a pessoa responsável pela sua demissão foi a Gigi?
Dácio Malta - Claro. Ele não foi, quero dizer, ele é um bobalhão (rs).

Bruna Spaniol -Qual foi a nota que o senhor escreveu que repercutiu na sua demissão ?
Dácio Malta - Olha, o que tem aí na internet são algumas coisas dizendo que eu falei que o pai dele (Sérgio Cabral) era bom, aí isso dizia que ele era ruim. Mas eu só escrevi que o pai dele era bom, aliás, hoje em dia até o pai dele é contra ele... Mas isso é uma injustiça, porque quando o pai dele estava desempregado eu dei um ajuda pra ele lá no jornal O Dia. Eu realmente não sei o que foi a gota d´água. Eu acho que foi a eleição do Cristo como uma das Maravilhas do Mundo, pronto.

Bruna Spaniol - O senhor acredita que existe influência do governo sobre o jornal O Dia?
Dácio Malta - Existe. No jornal O Dia e em todos os jornais. Mas eu queria deixar claro que não acredito que o Sérgio Cabral tenha ligado para a Gigi pedindo a minha demissão. Ele não é maluco de fazer isso, ele sabe que não pode fazer isso, pega mal pra ele. E se ele fez, fez achando que ela não ia me demitir. A profissão do Sérgio Cabral antes da política é de jornalista. Ele sempre foi jornalista. Eu fui demitido em abril de 2007 e vocês podem ver o dia que ele entrou para o Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro, maio de 2007.

Ver matéria Completa no Google Docs
Baixar matéria completa

0 comentários: